Bolo de Pistácio e Água de Rosas | Pistachio Rose Cake

Pistachio Rose Cake4Fiquei tão, mas tão contente quando recebi o convite da Rute do blog Cozinha Fresh para fazer parte da sua rubrica “Convidei o blog…“. Conheço o trabalho da Rute e vê-se bem o carinho que ela tem pelo seu espaço, que está repleto de óptimas sugestões, com um toque especial à Algarvia!

Quando aceitei o convite, a Rute deu-me um tema, neste caso “Receitas primaveris”, para poder criar uma receita exclusiva para a ocasião. Desde o início sabia que queria fazer um bolo com flores comestíveis e ambas adoramos essa ideia.  Sabes, as flores, os bolos e eu, somos grandes amigos! Adoro a combinação. As flores tornam o bolo mais elegante e sofisticado, romântico e fresco, enquanto o bolo dá às flores uma plataforma diferente. Vibro quando vejo bolos de casamentos com um enorme arranjo de flores no topo… ohhh quem me dera um dia fazer um assim!!!

Depois de decidir  o principal conceito, flores comestível, foi rápido decidir o sabor deste bolo. Pistácio e Rosas, que combinação deliciosa! E este bolo é mesmo como queria, fresco, leve e que dá vontade de comer a qualquer hora. Adoro pistácios… lembro-me que quando estava grávida ser capaz de comer umas 200g enquanto via televisão. Hoje em dia não era capaz de comer tantos de seguida!

Aproveita e vai  até ao Cozinha Fresh para me conheceres um pouco melhor! Eu desde já aproveito para agradecer novamente à Rute… obrigada querida, pelo convite! Nunca pensei que me escolhesses para fazer parte da tua rubrica e é uma honra estar entre outros e maravilhosos convidados. Adorei criar este bolo especialmente para o teu blog, que apesar da estética estar um nadinha diferente do que costumo fazer, adorei o resultado final. Um bolo romântico e fresco como este, precisava de uma plataforma igualmente romântica.

I was so so happy when I received Rutes’ invite from her Cozinha Fresh  blog to be a part of her “Convidei o blog…” (I invited the blog) posts. I know of Rutes’ work and you can really see the dedication she has to her blog, it’s full of great suggestions, with a special touch from Algarve! 

When I accepted the invite, Rute gave me a theme, on this case it was Recipes of Spring, to create a recipe exclusive to this season. Since the beginning, I knew I wanted to make a cake with edible flowers and we both loved the idea. You know, flowers and cakes are my best friends! I love the combination of the two. The flowers make the cake look a lot more sophisticated and elegante, romantic and fresh, while the cake gives the flowers a different platform. I get amazed when I see wedding cakes with a huge flower arrangement on top… ohhh how I wish to make one of these one day!!!

After deciding the main concept, edible flowers, it was easy to decide the flavour of this cake. Pistachio and Rose, what a delicious combination! This cake is exactly how I wanted, fresh, light and one that you can eat at any time of the day. I love pistachios… I remember when I was pregnant I would eat like 200g while watching TV. Nowadays, I wouldn’t dare eat that much in one sitting!

Go to Cozinha Fresh blog and see my interview! I take this opportunity to thank Rute… thank you dear, for the invite! I never thought you would choose me to be a part of your posts and its an honor to be a part of all of the other invited! I loved creating this cake especially for your blog, although the aesthetics of the cake is no way different to what I usually do, I loved the result. A romantic and fresh cake like this one, needed a stand equally as romantic.

Pistachio Rose Cake8

Pistachio Rose Cake9

Pistachio Rose Cake5

Pistachio Rose Cake6

Pistachio Rose Cake7

Pistachio Rose Cake3

Pistachio Rose Cake1

Pistachio Rose Cake2

BOLO DE PISTÁCIO E ÁGUA DE ROSAS

(receita adaptada do blog – Pastry Workshop)

  • 300g de farinha
  • 70g de pistácios
  • pitada de sal
  • 1 c. sobremesa de fermento em pó
  • 4 claras
  • 4 gemas
  • 230g de manteiga, amolecida
  • 230g + 65g de açúcar
  • 125ml de leite
  • 125ml de buttermilk*
  • 1 c. sobremesa de extracto de baunilha
  • 1 c. sobremesa de água de rosas**

*Para o buttermilk, basta juntar algumas gotas de limão ou vinagre, mexer e deixar repousar num local morno por 10min. Isto vai criar uma mistura talhada.

**Se não conseguires encontrar a água de rosas para uso culinário, podes optar por fazer em casa. Ver receita abaixo.

  1. Pré-aquece o forno a 180ºC e forrar com papel vegetal duas formas de 16 ou 18cm.
  2. Tritura bem os pistácios e junta-os à farinha previamente peneirada, ao sal e o fermento. Reserva.
  3. À parte mistura o leite, buttermilk, a baunilha e a água de rosas.
  4. Entretanto bate as claras em castelo, juntando as 65g de açúcar, até ficarem bem firmes.
  5. Numa taça grande, bate a manteiga com o açúcar até ficar um creme bem macio, cerca de 10min. Adiciona as gemas, uma a uma e volta a mexer.
  6. Alternado vai adicionando à mistura da manteiga a farinha e a mistura de leite, acabando sempre com a farinha e sem mexer demasiado.
  7. Envolve por fim as claras a essa mistura, sempre em movimentos circulares e até estar uma massa uniforme.
  8. Divide sobre as duas formas e leva ao forno por 40-45min ou até o palito vir sem vestígios do bolo.
  9. Retira da forma e deixa arrefecer por completo.

Creme Mascarpone e Água de Rosas:

  • 250g de queijo Mascarpone
  • 100ml de natas frescas
  • 90g de açúcar em pó
  • 2 c. sobremesa de água de rosas
  1. Junta todos os ingredientes e bate até ficar um creme firme e macio para barrar, cerca de 5min.
  2. Se levares o creme ao frio antes de barrares o bolo, tapa o recipiente com um pouco de película aderente.

Pétalas de Rosa Cristalizadas:

  • Pétalas de rosa, q.b.
  • 1 clara de ovo
  • açúcar
  1. Desinfecta as pétalas e seca-as com papel de cozinha. Tem cuidado para não partirem.
  2. Pincela-as com a clara de ovo e de seguida passa pelo açúcar, em ambos os lados.
  3. Deixa secar sobre papel vegetal, cerca de 1h.

Para Decorar:

  • Pistácios picados grosseiramente
  • Pétalas de rosa, cristalizadas

Montagem:

  1. Retira os topos ao bolo e divide cada um em 2 metades iguais.
  2. Sobre cada camada espalha um pouco do creme de mascarpone e alguns pistácios picados.
  3. Barra uma primeira camada a toda a volta e leva ao frio por 30min para que fique mais firme.
  4. Volta a barrar o bolo com o creme, alisando as laterais e topo com uma espátula metálica.
  5. Decora com alguns pistácios e as pétalas cristalizadas.

Água de Rosas:

  • 1 caneca de pétalas de rosas (cerca de 2 rosas, de preferência da mesma cor)
  • 250ml de água fervida
  1. Desinfecta as pétalas de rosa, com um desinfetante alimentar, como Amukina.
  2. Escorre a água e coloca as pétalas numa taça e por cima despeja a água a ferver.
  3. Deixa em infusão por 30min.
  4. Escorre as pétalas e despeja a água para um frasco. Armazena o frasco no frio.

Espero que gostes!

 

PISTACHIO ROSE CAKE

(adapted from –Pastry Workshop blog)

  • 300g flour
  • 70g ground pistachios
  • pinch of salt
  • 1 tsp baking powder
  • 4egg whites
  • 4 egg yolks
  • 230g butter, softed
  • 230g + 65g sugar
  • 125ml milk
  • 125ml buttermilk
  • 1 tsp vanilla extract
  • 1 tsp rose water**

**If you can not find the rose water, you can choose to do at home. See recipe below.

  1. Preheat oven at 180ºC and line 2 cake pans, 16cm or 18cm with parchment paper.
  2. Mix the ground pistachios with the sift flour, sal and baking powder. Reserve.
  3. In another bowl mix the milk, buttermilk, vanilla and rose water.
  4. Meanwhile beet the egg whites with 65g of sugar until stiff peaks.
  5. In a large bowl, beat butter and the remain sugar until smooth, about 10min. Add the egg yolks one by one.
  6. To the butter mixture add the flour mixture alternating with the milk mixture. Starting and ending also with the flour. Do not over mix.
  7. Fold in the egg whites, until a smooth batter. Do not over mix.
  8. Divide over the 2 cake pans and bake for 40-45min or until the toothpick comes out clean.
  9. Remove form the pans and let cool.

Mascarpone & Rose Cream:

  • 250g Mascarpone cheese
  • 100ml heavy cream
  • 90g icing sugar
  • 2 tbsp rose water
  1. Mix all the ingredients until you have a smooth frosting, about 5min.
  2. Wrap the bowl with adherent film and put on the fridge until the cake is ready to frost.

Crystallized  Rose Petals:

  • Rose petals, as many you like
  • 1 egg white
  • sugar
  1. Wash and dry the petals. Be carefully not to brake them.
  2. Brush with the egg white and sprinkle with the sugar.
  3. Leave them to dry in parchment paper for about 1h.

To decorate:

  • Pistachios, roughly chopped
  • Crystallized  Rose Petals

Assembling:

  1. If cakes are rounded on top, even out with a knife, and divide which cake in 2 equal layers
  2. Spread the mascarpone cream over each layer, about 2 tbsp of cream. And sprinkle with the pistachios.
  3. Spread a first layer of cream, and put on the fridge for 30min to firm a little.
  4. Spread the remaining cream all over the cake until the cake is smooth.
  5. Decorate with the remaining pistachios and the crystallized rose petals.

Rose water:

  • 1 cup of rose petals (about  2 roses, preferably with the same colour)
  • 250ml of boiling water
  1. Disinfects rose petals, with a food disinfectant.
  2. Drains that water and pour over it the boiling water.
  3. Leave to infuse for 30 minutes.
  4. Remove the petals and pour the water in a clean jar. Store in the fridge.

Enjoy!

Bolo de Chocolate Negro e Creme de Mascarpone e Caramelo | Dark Chocolate Cake with Caramel & Mascarpone Cream

Dark chocolate Cake w Caramel Mascarpone Cream_3Já por várias vezes que aqui disse que tenho o melhor Pai do mundo! É claro que todos nós achamos isso do nosso Pai, do nosso herói, de quem admiramos, mas acredita que eu tenho MESMO o melhor Pai do mundo!!!

O meu Pai não foi uma criança feliz, nem sequer foi um adolescente como todos os outros, é triste dizer isto, mas com menos de 6 anos já tomava conta dele próprio. Há coisas no seu passado que nem sequer nos conta, ele próprio já esqueceu as noites em que tinha frio e a fome, que o fazia saltar muros para ir apanhar laranjas de madrugada. O meu Pai, pode ter sido infeliz, mas nunca foi um infeliz! Ele é a pessoa com mais vida e alegria que conheço. Conquistou muito na vida, tudo com as próprias mãos, essas que são o espelho do seu trabalho, ásperas, calejadas, mas firmes! Nunca foi pessoa de pedir nada a ninguém e sempre conseguiu realizar os seus sonhos sozinho. Vejo-me muito nele, ambos somos sonhadores, mas a sua vantagem é que é muito mais forte do que eu. Como ele próprio diz: “basta eu querer, para ter!” e tem conseguido sempre, sempre com o apoio da minha Mãe, do meu e da minha irmã.

Por muito tempo fomos apenas nós quatro, mais tarde juntou-se o meu marido… sendo eu menina do papá, o meu Pai podia ser ciumento e não aceitar que nenhum rapaz namorasse com as filhas, mas no meu caso ele viu a pessoa que o Nuno é, e por isso orgulha-se sempre que fala do genro. Tanto ele como a minha Mãe dizem, seja a quem for, que o meu marido é o filho que eles nunca hão-de ter, que ele é um Pai preocupado, atencioso, brincalhão e carinhoso para a nossa filha.

Tenho muita sorte dos homens da minha vida serem quem são. Espero um dia que a minha filha sinta o mesmo e se orgulhe do Pai que tem, que lhe dê valor, tanto ou mais do que eu dou ao meu.

Eu sei que pareço um pouco melancólica e que as minhas palavras estão pouco alegres, mas é impossível esquecer que neste dia, há mais de 10 anos, o meu avó deixou-nos. Já se passou tanto tempo e ainda hoje o procuro ao longe, enquanto estava à janela da casa dos meus pais e o via a vir, de Inverno com a sua gabardine e o chapéu de chuva preso no colarinho do lado das costas. Lembro-me tão bem da sua voz meio rouca quando atendia o telefone de uma forma menos simpática, mas mesmo assim me fazia sorrir. Esboçava um simples e seco: “Que é?” ou então “O que é que foi?”, nunca foi capaz de atender o telefone de maneira mais simpática. Adorava ver telenovelas, as “belinhas” como chamava. Detestava quando não sabia do comando da Tv, muitas das vezes era eu que o deixava no chão ou em qualquer canto da casa. “Onde é que está a minha tábua!???” Era assim que se referia ao comando! Adorava andar de tronco nú no Verão, com a sua enorme barriga e descansando as suas enormes mãos cruzadas em cima. Parecia um homem sério, mas no fundo era um coração mole. São estas pequenas coisas que nos faz sentir a sua falta, são sempre estas memórias que recordamos com mais carinho e é impossível falarmos nelas sem sorrir.

Depois de estar já com a lágrima no canto do olho, deixa-me falar deste bolo. Pode ser simples, mas é rico em sabor. O chocolate negro é o sabor dominante, só aos poucos é que vais sentir o creme de caramelo e mascarpone (e que bom que é este creme!). É daqueles bolos para apreciar, ir descobrindo os diferentes sabores, que casam tão bem, as diferentes texturas e aromas. É daqueles para voltar a repetir!

Para o meu e todos os Pais, um Feliz Dia do Pai!!!

There’s been alot of times where I’ve said here that I have the best Dad in the world! Of course, we all think of that about our own Dad, about our hero, the one we admire the most, but believe me, I really DO have the best Dad in the world!!!

My Dad wasn’t a happy child, not even a teenager like any other, it’s sad to say, but with less than 6 years old he was already taking care of himself. There’s things in his past that he doesn’t even want to talk about, he himself has forgotten about the nights where he was freezing cold and hungry, which made him have to jump walls to get oranges to eat in the morning. My Dad, may have been unhappy in the past, but now he isn’t an unhappy person! He’s the person with most life and joy that I know. He conquered alot in his life, everything with his own hands, hands that are the mirror of his work, rough, calloused, but firm! He was never a person to ask anybody for anything and he always accomplished all of his dreams alone. I see myself alot in him, we’re both dreamers, but his advantage is alot stronger than mine. Just like he says: “I just got to believe in it to have it!” and he has always gotten it, always with the support of my Mothers’, mine, and my sister’s on his side.

For a long time it was only just us four, when later on my husband got “together” with us… being a daddy’s girl, my Dad can be a little jealous and not accept any boy to date his daughters, but he saw the person that Nuno is, and that’s why he’s always proud to speak about his son in law. Not only him but also my Mother always say, to whoever it is, that my husband is the son they’re never going to have, that he’s a concerned, attentive, playful and affectionate Dad.

I’m very fortunate to have these men in my life.

I hope one day my daughter feels the same and that feels proud about the Dad she has, that values him, just like I value mine. 

I know I might sound a bit melancholic and that my words are a bit too gloomy, but it’s impossible to forget that on this day, more than 10 years ago, my grandfather left us. It’s been so long but I still look for him in the distance to this day, while being at my parents’ house window and I’d see him coming, in the Winter with his long coat and umbrella next to his collar. I remember his rough voice so well everytime he answered the phone with his less sympathetic way, that made me smile everytime. He just responded with a simple and dry: “What is ti?” or “What do you want this time?”, he was never capable or answering the phone in a gente way. He loved watching telenovelas, or the “belinhas” as he called them. He hated not knowing where the remote was, alot of time it was me who would left it on the floor oro n some other corner around the house. “Where’s my board!???”, that’s how he called the remote!

He loved walking around with no shirt on in the Summer while resting with his huge hands crossed around his huge belly. He looked like a very serious man, but on the inside he had a very soft heart. It’s these little things that make me miss him a lot, it’s always these memories that we remember with the most affection and it’s impossible to talk about them without smiling.

After already being with a tear on the corner of my eye, I’ll talk about this cake.

It may look simple, but it’s rich in flavour. The black chocolate is the most dominant flavour, so you only feel the caramel cream and the mascarpone (and man, is this cream delicious!) sometimes. It’s one of those cakes to appreciate, learn the different flavours, that go so well with each other, the different textures and aromas.It’s one of those cakes you have to try out!

To mine and all the Dads’, a Happy Father’s Day!!!

Dark chocolate Cake w Caramel Mascarpone Cream_1

Dark chocolate Cake w Caramel Mascarpone Cream_2

Dark chocolate Cake w Caramel Mascarpone Cream_6

Dark chocolate Cake w Caramel Mascarpone Cream_7

Dark chocolate Cake w Caramel Mascarpone Cream_8

Dark chocolate Cake w Caramel Mascarpone Cream_9

Dark chocolate Cake w Caramel Mascarpone Cream_10BOLO DE CHOCOLATE NEGRO

(receita adaptada do blog  Call Me Cupcake)

  • 150g de farinha
  • 30g de cacau magro em pó Pantagruel
  • 1/4 c. sobremesa de fermento em pó
  • 1/4 c. sobremesa de bicarbonato de sódio
  • 1/4 c. sobremesa de sal
  • 100g de manteiga, amolecida
  • 145g de açúcar mascavado
  • 1 ovo
  • 1 gema
  • 75g de chocolate Extra Noir Pantagruel, derretido
  • 1/2 c. sobremesa de extracto de baunilha
  • 125ml de leite
  1. Pré-aquece o forno a 175ºC e prepara duas formas de 15cm com a base em papel vegetal, untada com manteiga e polvilhada com um pouco de cacau em pó.
  2. Mistura numa taça  a farinha peneirada  com o cacau, fermento, sódio e sal. Reserva.
  3. Numa outra taça bate a manteiga com o açúcar até ficar um creme macio.
  4. Adiciona o ovo e a gema à mistura da manteiga, bate bem e de seguida junta o chocolate derretido e a baunilha. Mexe bem.
  5. Alternado com a farinha e o leite, vai envolvendo à mistura liquida, terminando com a farinha.
  6. Divide a mistura sobre as duas formas. Como se trata de uma massa espessa, será necessário alisar com uma colher.
  7. Leva ao forno por 30-35min ou até o palito vir limpo.
  8. Retira do forno e deixa repousar por 10min antes de o retirares da forma até arrefecer por completo.

Para o caramelo:

  • 100g de açúcar amarelo
  • 60ml de natas
  • 2 c. sopa de manteiga sem sal
  • 1 c. sobremesa de extracto de baunilha
  • pitada de sal
  1. Numa panela pequena leva ao lume médio o açúcar, manteiga e natas.
  2. Mexendo sempre com uma colher, deixa ferver por 3min. Não pares de mexer para não agarrar ao fundo da panela.
  3. Remove do lume e adiciona a baunilha e o sal. Tem cuidado porque pode estar muito quente e começar a borbulhar.
  4. Verte para um frasco de vidro e deixa arrefecer a temperatura ambiente.

*Podes sempre fazer o caramelo de um dia para o outro.

Para o creme de Mascarpone e Caramelo:

  • 250g de queijo mascarpone
  • 63g de açúcar em pó
  • 100ml de natas frescas
  • caramelo

Bate o mascarpone com o açúcar e o caramelo até ficar um creme suave e macio. Adiciona as natas e bate por mais 5min ou até ficar novamente  macio.

Para as raspas de chocolate:

  1. Coloca um tabuleiro no frio, no mínimo uns 15min.
  2. Para temperares o chocolate precisas de derreter metade do chocolate negro em banho-maria e a outra metade, parte em pedaços muito pequenos.
  3. Quando o chocolate tiver derretido adiciona  o chocolate em pedaços e mexe até este derreter.
  4. Verte o chocolate sobre o tabuleiro e espalha uma camada fina com a ajuda de uma espátula.
  5. Espera alguns minutos até o chocolate secar, se for preciso leva novamente o tabuleiro ao frio, não por mais de 5min, para não endurecer muito.
  6. Com a ajuda de uma espátula metálica ou de um faca faz pequenos rolos. Comecei com os rolos perfeitinhos, mas acabei por fazer de vários tamanhos e uns mais enrolados que outros.

Montagem:

  1. Coloca um dos bolos sobre uma base, retira o topo e espalha um pouco de creme, algumas raspas de chocolate e ainda cacau em pó.
  2. Por cima coloca a outra metade do bolo, se quiseres podes retirar também o topo, eu optei por deixar assim alto. Espalha o resto do creme, raspas de chocolate e mais cacau em pó.
  3. Este bolo tem tendência de secar no frio, por isso aconselho a cobrires com o creme mesmo antes de servir.

Espero que gostes! Feliz Dia do Pai!!! 

BLACK CHOCOLATE CAKE

(recipe adapted from the blog Call Me Cupcake)

  • 150g of flour
  • 30g of fat reduced cocoa powdered Pantaguel 
  • 1/4 teaspoon of baking powder
  • 1/4 teaspoon of baking soda
  • 1/4 teaspoon of salt
  • 100g of softened butter
  • 145g of brown sugar
  • 1 egg
  • 1 egg yolk
  • 75g of melted chocolate Extra Noir Pantaguel 
  • 1/2 teaspoon of vanilla extract
  • 125ml of milk
  1. Pre-heat the oven at 175ºC and prepare two trays with 15cm with a parchement paper base, spread with butter and sprinke a little of the powdered cocoa.
  2. Mix in a bowl the sieved flour with the cocoa, baking powder, baking soda and salt. Reserve.
  3. On another bowl, beat the butter with the sugar until it becomes a soft cream.
  4. Add the egg and the egg yolk to the butter mixture, whisk well and then add the melted chocolate and the vanilla. Mix well.
  5. Alternating between the flour and the milk, keep involving the liquid mixture, ending with the flour.
  6. Divide the mixture on the two trays. Seeing as it is a thick mixture, it will be necessary to smooth it out with a spoon.
  7. Bring it to the oven for 30-35mins or until the toothpick comes out clean.
  8. Take it out of the oven and let it rest for 10mins before taking it out of the tray and letting it cool completely.

For the caramel:

  • 100g yellow sugar
  • 60ml of cream
  • 2 tablespoon of unsalted butter
  • 1 teaspoon of vanilla extract
  • pinch of salt
  1. On a small pan, bring it to medium heat with the sugar, the butter and the cream.
  2. Keep stiring non-stop with a spoon, let it shimmer for 3min. Don’t stop stiring to avoid it from sticking to the end of the pan.
  3. Take it out of the heat and add the vanilla and the salt. Careful because it might me too hot and start to create bubbles.
  4. Pour it on a glass bottle and let it cool down at ambient temperature.

*You can always to the caramel overnight

For the marscarpone cream and caramel:

  • 250g mascarpone cheese
  • 63g powdered sugar
  • 100ml fresh cream
  • caramel

Whisk the mascarpone with the sugar and caramel until it becomes a soft and smooth cream. Add the cream and whisk it for 5 more minutes until it becomes smooth again.

For the chocolate shavings:

  1. Put a tray in the fridge, minimum 15min.
  2. To season the chocolate, you’re going to need to melt half of the black chocolate in bain-marie and the other half, break into very small pieces.
  3. When the chocolate is melted, add the chocolate pieces and mix until it all melts.
  4. Pour the chocolate over the tray and spread out a thin layer with the help of a spatula.
  5. Wait some minutes until the chocolate dries out, if needed, bring the tray into the fridge again for less than 5min, so it doesn’t get too hard.
  6. With the help of a metalic spatula or a knife, make little rolls. I started with perfect rools but then I ended up making them into alot of sizes and some ended up getting more rolled up than others.

Assembling:

  1. Put one of the cakes over a base, take out the top and spread a little bit of the cream, some chocolate shaving and some powdered cocoa.
  2. On top of it, put the other half of the cake, if you want, you can take out the top as well but i wanted to left it tall like this. Spread the resto f the cream, chocolate shaving and more powdered cocoa.
  3. Este bolo tem tendência de secar no frio, por isso aconselho a cobrires com o creme mesmo antes de servir. This cake has a tendency to dry out in the fridge, so I advice you to cover the cream right before serving it.

I hope you enjoy it! Happy Father’s Day!!!

1 Ano de Blog |1 Year Blogging

cakes 9Um ano de blog, um ano de doces, um ano de tendências, um ano do que mais gosto de fazer. Nem acredito que já passou tanto tempo!

Quando o tornei publico, mal podia imaginar o impacto que ia ter. Sempre pensei que iria demorar muito mais para chegar até tantas pessoas. Nem em sonhos pensei que iria à televisão, oportunidade que agradeço de coração à Joana Moura. Nem em sonhos pensei que ia conhecer tanta gente, criar empatias, laços e amizades. Tenho conhecido gente maravilhosa, criado amizades, mesmo que sejam apenas através de um ecrã e de um teclado, mas são amizades que sinto que já duram há anos.

No início comecei por criar o blog para mim, mas hoje em dia é muito mais que isso, é também para ti, para quem o visita, para quem o revisita e se inspira seja apenas para si próprio ou para a família e amigos. Vivo muito para este blog, apesar de não fazer nem metade daquilo que gostava. Uma vez disse que deito-me e acordo a pensar em bolos e na verdade é mesmo assim… estou constantemente a ver novas receitas, ideias, inspirações. Quando vejo uma ideia nova tenho que me conter para não ir a correr para a cozinha, porque já são 3h da manhã e acho que os vizinhos não iriam achar muita piada ao barulho.

Nem sempre é fácil estar deste lado, por várias vezes pensei que não devia de o manter, que devia regressar à realidade e voltar a ser aquilo para que estudei, mas gosto tanto do que faço, este é o meu sonho! Mas se ainda o tenho é muito graças a ti. Chegar aqui a este ecrã e ver mensagens cheias de entusiasmo e felicidade por gostar de algo que fiz, é… de me deixar sem palavras. Nem sempre sei o que dizer, por isso limito-me a dizer um simples obrigada, um obrigada um pouco tímido, mas muito sincero.

Para assinalar esta data tive a sorte de a tornar ainda mais especial tirando as fotos neste espaço maravilhoso , lindo, acolhedor e simpático. É dos espaços mais bonitos para se estar na minha cidade, não só pela decoração rústica, que tanto adoro, mas a comida é deliciosa, feita na hora. Quando se aproxima a hora de almoço o cheiro que se sente por quem lá passa perto é maravilhoso. Tudo feito pela Aline, a dona de “O Pial”, uma senhora que mesmo não me conhecendo, disse sim, sem hesitar quando lhe propus tirar as minhas fotos ali mesmo. Por isso, quero-lhe agradecer. Muito obrigada!

Aproveito também para agradecer à minha família, que me apoia e motiva todos os dias. À minha filha, por apesar de estar agora naquela fase de andar pela casa toda, me deixar ter um tempinho só meu. Ao amor da minha vida, a minha cara metade, que apesar de se queixar que o forno gasta muita eletricidade, me oferece um livrinho sempre que peço. Aos meus pais, por serem os melhores pais do mundo, por serem os maiores gulosos que conheço, por me deixarem usar o forno quando o meu não funciona. À minha mana, por ser sempre sincera e me dizer quando gosta ou não e quando gosta, de o dizer sempre com entusiasmo. Aos meus amigos, por não se fartarem de me ouvirem falar só de bolos, principalmente ao meu “babe” Pedro e às minhas meninas “giras” Carina e Kika, adoro-vos!

E é claro, não podia deixar de te agradecer, por estares desse lado, pelas mensagens de carinho e gostares das minhas receitas. Este post é para ti…

Um grande obrigada! Bjs, Sandra

A year with the blog, a year with sweets, a year of tendencies, a year doing what I love doing the most. I can’t even believe it’s been this long.

When I made it public, I could never imagine the impact it would make. I always thought it would take me alot more to reach to so many people. Not even in my dreams did I ever think I’d get to be on TV, this opportunity that I thank Joana Moura from the bottom of my heart. Not even in my dreams did I ever thought I’d get too meet so many people and create so many friends. I’ve been able to meet so many wonderful people, friendships, even if they’re only through a screen and a keyboard, I feel like they’re friendships that have been lasting for years.

At the beggining I only created the blog for myself, but nowadays it’s much more than that, it’s for you, for those who visit it, for those who revisit it and inspires not only them but their family and friends. I live alot for this blog, even if I can’t do half of what I imagine. One time I said I sleep and wake up thinking about cakes and to be honest, it’s the truth… I’m constantly looking for new recipes, ideas, inspirations. When I see a new idea I have to contain myself not to run to the kitchen, because it’s already 3 in the morning and I’m sure the neighbours wouldn’t find the noise very soothing.

It’s not always easy to be in this place, sometimes I’ve thought about not keeping it, that I should go back to reality and become what I studied for, but I love doing what I do, this is my dream! And if I still have it, that’s all thanks to you. Going behind this screen and read messages full of excitement and happiness because of something that I made, is… speechless. I don’t always know what to say, so I just limit my words to a simple “thank you”, a sort of shy but sincere thank you.

To mark this day, I had the luck of making it even more special by taking pictures on this wonderful, gorgeous and cozy place. It’s one of the prettiest places to be in my city, not only for the rustic decoration that I love, but for the delicious food. When the time for lunch comes, the smell felt by those who pass by is amazing. Everything done by aline, the ownder of “O Pial”, a lady who even though doesn’t know me, said yes without hesitating when I asked her if I could take my photos there. For that, I want to thank you. Thank you so much!

I’ll also take this opportunity to thank my family, who supports me and motivates me everyday. To my daughter, who right now is at the phase of walking around the whole house, lets me have my own space. To the love of my life, my souldmate, that even though is always complaining about the electricity bill because of the hours spent on the oven, still gifts me a book everytime I ask him. To my parents, for being the best parents in the world, for being the biggest sweet tooths I know, for letting me use the oven when mine isn’t working. To my sister, for always being sincere and telling me whenever she likes or doesn’t like something and for whenver she does, always telling me with the biggest enthusiasm. To my friends, for not being already tired of hearing me talk about cakes non-stop, especially to my “babe” Pedro and to by “pretty” girls Carina and Kika, I love you all!

And of course, I couldn’t forget to thank you, for being on that side, for the nice messages and for liking all of my recipes. It’s for you that this blog exists…

A huge thank you! Xoxo, Sandra

cakes 13

cakes 3

cakes 12

cakes 1

cakes 2

cakes 8

cakes 14

cakes 11

cakes 10

cakes 6

cakes 7

cakes 4

cakes 5BOLO “SEMI NAKED” DE LIMÃO, COCO E FRAMBOESA

Para o Bolo:

  • 300g de açúcar
  • 300g de manteiga
  • 300g de farinha
  • 6 ovos
  • raspa de 1 limão grande ou 2 médios
  • 1 c. sobremesa de fermento em pó
  • 1 c. sobremesa de extracto de baunilha
  1. Pré-aquece o forno a 170C e prepara duas formas de 15cm, com papel vegetal na base e laterais.
  2. Bate a manteiga com o açúcar e a baunilha, até ficar um creme macio e esbranquiçado, cerca de 10min. Vai raspando as laterais da taça, para que toda a mistura fique uniforme.
  3. Acrescenta os ovos um a um. Caso a mistura comece a talhar junta 2-3 colheres de sopa da farinha.
  4. Numa taça à parte peneira a restante farinha com o fermento e de seguida junta a raspa do limão.
  5. Gentilmente envolve os ingredientes secos à mistura da manteiga até ficar um creme homogéneo e sem grumos, sem mexer demasiado.
  6. Divide a mistura entre as duas formas e leva ao forno por 40-45min ou até o palito vir sem vestígios do bolo.
  7. Retira do forno e deixa repousar cerca de 15min na forma, pincela com a calda de limão e depois transfere para uma base para arrefecer por completo.

Para a calda de Limão:

  • 60ml de sumo de limão
  • 150g de açúcar
  • 125ml de água

Junta todos os ingredientes e leva ao lume médio até ferver, cerca de 5min e ficar em calda. Se sobrar podes guardar num frasco a temperatura ambiente.

Compota de Framboesa:

  • 325g de framboesas (podem ser congeladas)
  • 200g de açúcar
  • 1 c. sopa de sumo de limão
  • 1 c. sopa de amido de milho
  1. Junta as framboesas, açúcar e limão num tacho médio e deixa repousar  30min a 1h.
  2. Adiciona o amido de milho e leva ao lume médio até engrossar.
  3. Tritura com a ajuda de um processador de alimentos. Passa por um passador e transfere a compota para um jarro limpo.
  4. Deixa arrefecer antes de a transferir para o frio.

Creme de manteiga de coco:

  • 3 claras, a temperatura ambiente
  • 150g de açúcar
  • 235g de manteiga (pode ser com sal), amolecida
  • 1 c. sobremesa de extracto de baunilha
  • 80g de leite de coco

O processo é igual à receita deste creme de manteiga,  na altura de adicionares a baunilha acrescentas também o leite de coco. É normal que pareça coalhado, mas continua a bater até ficar um creme bem macio. Quanto mais bateres, mais branco fica. Vai sobrar um pouco por isso podes armazenar no frio, numa caixa fechada, até 2 semanas. Antes de o usares novamente, só tens que deixar que fique a temperatura ambiente e  bater novamente até voltar a ficar bem macio.

Para o glacê:

  • 1/2 caneca de açúcar em pó
  • 1-2c. sobremesa de leite
  • corante alimentar rosa (só a ponta do palito)

Montagem:

  1. Retira os topos dos bolos e divide cada um em duas partes iguais.
  2. Coloca um pouco do creme num saco de pasteleiro e  cobre o rebordo do bolo a toda a volta, deixando o meio livre para colocares a compota.
  3. Cobre as 3 camadas do bolo uniformemente, com o creme e compota.
  4. Leva ao frio por 30min para que fique mais firme. Nesta altura tens as camadas visíveis.
  5. Numa pequena quantidade de creme barra o bolo a todo à volta, não precisa de ficar perfeito. Cobre também o topo até ficar uma camada mais espessa, com cerca de 5-7mm.
  6. Leva novamente ao frio por mais 30min. Se preferires podes deixar as camadas mais visíveis ou então barra mais um pouco de creme para ficar com um aspecto mais semelhante ao meu.
  7. Rega com o glacê e decora com merengues esmagados (podem ser de compra), framboesas e morangos.
  8. Retira do frio no mínimo 1h, antes de servir.

BOLO DE CHOCOLATE BRANCO E MORANGO

Para o bolo:

  • 100g de chocolate branco, Pantagruel
  • 195g de manteiga, temperatura ambiente
  • 195g de açúcar
  • 195g de farinha
  • 3 ovos
  • 1 c. sobremesa de fermento em pó
  1. Pré-aquece o forno a 180ºC e prepara duas formas de 12cm, com papel vegetal na base e laterais.
  2. Derrete o chocolate em banho-maria. Deixa arrefecer, mexendo ocasionalmente para que não solidifique.
  3. Bate a manteiga com o açúcar, até ficar um creme macio e esbranquiçado, cerca de 10min. Vai raspando as laterais da taça, para que toda a mistura fique uniforme.
  4. Acrescenta os ovos um a um. Caso a mistura comece a talhar junta 2-3 colheres de sopa da farinha.
  5. Numa taça à parte peneira a restante farinha com o fermento.
  6. Gentilmente envolve os ingredientes secos à mistura da manteiga até ficar um creme homogéneo e sem grumos, sem mexer demasiado.
  7. Divide a mistura entre as duas formas e leva ao forno por 35-40min ou até o palito vir sem vestígios do bolo.
  8. Retira do forno e deixa repousar cerca de 15min na forma, pincela com a calda de açúcar. Transfere depois para uma base para arrefecer por completo.

Para a calda:

  • 150g de açúcar
  • 125ml de água

Junta todos os ingredientes e lema ao lume médio até ferver, cerca de 5min e ficar em calda.

Creme de manteiga:

  • 3 claras, a temperatura ambiente
  • 150g de açúcar
  • 235g de manteiga (pode ser com sal), amolecida
  • 1 c. sobremesa de extracto de baunilha
  • 2-3 c. sobremesa de pó de morango*

O processo é igual à receita deste creme de manteiga, só na altura de adicionares a baunilha acrescentas também o pó de morango. É normal que pareça coalhado, mas continua a bater até ficar um creme bem macio.

Montagem:

  1. Retira os topos dos bolos e divide cada um em duas partes iguais.
  2. Espalha, cerca de uma colher de sopa do creme em cada camada, uniformemente.
  3. Barra uma primeira camada a toda a volta e leva ao frio por 30min para que fique mais firme.
  4. Volta a barrar o bolo com o creme, não precisa de ficar totalmente liso.
  5. Decora com flores brancas ou então frutas.
  6. Retira do frio no mínimo 1h, antes de servir.

*Para o pó de morango, podes comprar já os morangos desidratados em qualquer supermercado depois basta triturares bem num processador de alimentos até ficar em pó. Armazena num recipiente fechado até voltares a utilizar.

CUPCAKES DE BAUNILHA

  • 125g de manteiga
  • 165g de açúcar
  • 17g de farinha
  • 1c. sobremesa de fermento em pó
  • 2 ovos
  • 80ml de leite
  • 1/2 vagem de baunilha
  1. Pré-aquece o forno a 160C e prepara cerca e 15 formas para cupcakes com a base em papel.
  2. Bate a manteiga com o açúcar e as sementes da vagem da baunilha até ficar um creme macio e esbranquiçado, cerca de 15min.
  3. Acrescenta os ovos um a um.
  4. Adiciona a farinha e o fermento previamente peneirados à mistura da manteiga, na potencia minima, alternado com o leite e sem mexer demasiado.
  5. Enche cada forma com 2/3 da massa e leva ao forno por 15-20min ou até o palito vir sem vestígios do bolo.
  6. Retira do forno e ainda mornos pincela com a calda de açúcar.
  7. Deixa arrefecer por completo antes de cobrir com o creme de manteiga. Usei o mesmo creme que a receita do bolo de chocolate branco, mas podes optar por um destes três recheios, encontra a receita aqui, aqui e aqui.

Bem… este post foi gigante, até estou sem fôlego!!! Espero que gostes! ^_^

LEMON, COCONUT & RASPBERRY SEMI NAKED

Cake:

  • 300g sugar
  • 300g butter
  • 300g flour
  • 6 eggs
  • zest of 1 large lemon or 2 medium
  • 1 tsp baking powder
  • 1 c. de vanilla extract
  1. Pre heat oven at 170C, and line with parchment paper two cake pans with 15cm.
  2. Beat butter, sugar and vanilla until is pale and fluffy.
  3. Add eggs one by one. If the mixture curdle add 2-3 tbsp of flour.
  4. In another bowl sift together the remain flour, powder and zest.
  5. Fold in the dry ingredients until you have a smooth batter with no lumps. Do not overmix.
  6. Divide the batter over the 2 pans and bake for  40-45min or until the toothpick come clean.
  7. Remove from oven, and let it rest 15min in the pan.  with a pastry brush soak the cakes with lemon syrup, then remove it to a wire base to cool.

Lemon syrup:

  • 60ml lemon juice
  • 150g sugar
  • 125ml water

Put all of the ingredientes in a small pan at médium heat until it starts to shimmer. Reduce the heat and let the syrup thicken a little. Take it out of the heat and brush it on the cake. 

Raspberry jam:

  • 325g raspberries (can be frozen)
  • 200g sugar
  • 1 tbsp lemon juice
  • 1 tbsp cornstarch
  1. In a medium sized pan along with the lemon juice and the sugar, add the raspberries stir and let it sit for 30min to 1hour.
  2. Then, bring the pan  on medium heat, already with the corn starch, let the sugar dissolve and the syrup thicken. The consistency needs to be the same as a jam.
  3. With the help of a  blender, mince the fruit  that didn’t dissolve and then use a colander to remove the seeds.
  4. Reserve in a clean jar until it cools down.

Coconut Buttercream:

  • 3 egg whites room temperature
  • 150g sugar
  • 235g butter, softened
  • 1 tsp vanilla extract
  • 80g coconut milk

The same process as the same as this buttercream,  add the vanilla and also the strawberry powder.  In case the buttercream starts to curdle, continue mixing until it become homogeneous. If it’s too liquid, put it in the fridge so the butter solidifies a little, then mix it again until it’s soft. Store the left buttercream  in the refrigerator  in a clean, airtight container for as long as 2 weeks.

glaze:

  • 1/2 cup icing sugar
  • 1-2tsp milk
  • pink food colouring (just a bit)

Assembling:

  1. If cakes are rounded on top, even out with a knife, and divide which cake in 2 equal layers
  2. Using a pastry bag spread the buttercream  just on the cake edge, and in the center spread the raspberry compote.
  3. Repeat the same process over the 3 layers.
  4. Put the cake in the fridge for about 3omin to firm a little.
  5. Spread another small amount of buttercream. Make the layers visible. On the top of the cake cover it with a layer of buttercream, with 5-7mm thick.
  6. Put the cake in the fridge for another 30min.
  7. Pour the glaze on top, and decorate with some crushed meringues, raspberries and strawberries.
  8. Before serving remove from the fridge 1h before.

WHITE CHOCOLATE & STRAWBERRY CAKE

Cake:

  • 100g white chocolate Pantagruel
  • 195g butter room temperature
  • 195g sugar
  • 195g flour
  • 3 eggs
  • 1 tsp baking powder
  1. Pre heat oven at 180C, and line with parchment paper two cake pan with 12cm.
  2. Melt the chocolate in bain-marie. Remove from heat and let it cool down, stirring occasionally.
  3. Beat butter and sugar until is pale and fluffy, for about 10min.
  4. Add eggs one by one. If the mixture curdle add 2-3 tbsp of flour.
  5. In another bowl sift together the remain flour and powder.
  6. Fold in the dry ingredients until you have a smooth batter with no lumps. Do not overmix.
  7. Divide the batter over the 2 pans and bake for  35-40min or until the toothpick come clean.
  8. Remove from over, and let it rest 15min in the pan, Retira do forno e deixa repousar cerca de 15min na forma, with a pastry brush soak the cakes with syrup, then remove it to a wire base to cool.

Syrup:

  • 150g sugar
  • 125ml water

Put all of the ingredientes in a small pan at médium heat until it starts to shimmer. Reduce the heat and let the syrup thicken a little. Take it out of the heat and brush it on the cake. 

Buttercream:

  • 3 egg whites, room temperature
  • 150g sugar
  • 235g butter, softened
  • 1 tsp vanilla extract
  • 2-3 tsp strawberry powder

The same process as the same as this buttercream, but when you add the vanilla add also the strawberry powder.  In case the buttercream starts to curdle, continue mixing until it become homogeneous. If it’s too liquid, put it in the fridge so the butter solidifies a little, then mix it again until it’s soft.

Assembling:

  1. If cakes are rounded on top, even out with a knife, and divide which cake in 2 equal layers
  2. Spread the buttercream over each layer, about 1 tbsp of cream.
  3. Spread a first layer of buttercream, and put on the fridge for 30min to firm a little.Barra uma primeira camada a toda a volta e leva ao frio por 30min para que fique mais firme.
  4. Spread the remaining buttercream all over the cake until cake is smooth or with a rustic effect. 
  5. Decorate with some white flowers.
  6. Before serving remove from the fridge 1h before.

*to make the strawberry powder, you just need to blend the dried strawberries until it turns into a powder. Store the remaining powder in air container bag. 

VANILLA CUPCAKES

  • 125g butter
  • 165g sugar
  • 17g flour
  • 1tbsp baking powder
  • 2 eggs
  • 80ml milk
  • 1/2 vanilla pod
  1. Preheat oven with 160C and prepare a baking pan for normal size cupcakes with 15 cupcake liners.
  2. Beat butter, sugar and the seeds of vanilla, until you have a smooth and fluffy cream, for about 15min
  3. Add eggs one by one.
  4. Mix flour and powder and fold in the butter mixture until you have a smooth batter with no lumps. Do not overmix.
  5. Divide batter amongst the cupcake liners, about 2/3 , and bake for 15-20min. Test first with the toothpick.
  6. Remove from the over and brush with the syrup.
  7. Let cool before piping with the buttercream, the same as the white chocolate & strawberry cake. Or chose  one of these three frosting, you can find here, here and here

OH my… this post was gigantic, I’m breathless!!! Enjoy! ^_^

 

Ahhh e ainda temos um video pequenino!!! And we also have a little video!!! :D 

Visita “O Pial” na Rua Elias Garcia nº66, Barreiro ou através da página do facebook.

Batido de Beterraba e Frutos Vermelhos | Beetroot & Red Fruits Smoothie

beetroot red fruits smoothie 10Ainda faltam uns dias para a chegada da Primavera, mas aqui pelo blog já se começam a sentir os seus aromas e sabores! Estou ansiosa que chegue, cheia de sol, cores vibrantes e dias ainda mais longos. Tanto eu como a minha filhota queremos aproveitar mais os dias, ir até ao parque sem me preocupar que possa começar a chover a qualquer momento, deixa-la brincar na relva e aproveitar para lancharmos numa esplanada, a apanhar aquele solzinho que nos aquece.

Aos poucos começo a trocar a caneca de chá por copos cheios de sabor, como estes. O meu frigorifico começa a ficar cheio de sumos e smoothies de fruta. Para mim este é o mais bonito e o mais saboroso. O meu marido prefere o de manga, banana e maçã, mas aqui quem manda sou eu! Ehehe (Bem, talvez para a próxima lhe faça a vontade! :) )

Nem toda a gente gosta de beterraba, é verdade, mas este smoothie é tão delicioso que vale a pena experimentar. Acredita!!!

There are still very few days left for Spring, but here at the blog we’re already starting to feel it, by the smells and tastes! I can’t wait for Spring days, for the sun, vibrants colours and the days even longer. Me and my daughter want to enjoy our afternoons in the park, without worrying if its going to rain, to let her play in the grass and enjoying our day by spending it with the warm sunlight in a caffe.

I’m starting to trade the hot cup of tea by these glasses full of flavour. My fridge is full of juices and fruit smoothies. For me, this one is the prettiest and tastiest of them all. My husband prefers this other one with mango, banana and apple, unfortunately for him, I’m in charge here. ehehe (well, next time maybe I’ll post his favourite!)

Not everyone likes beets, it’s true, but this smoothie is so delicious that its worth the try. Trust me!

beetroot red fruits smoothie 1

beetroot red fruits smoothie 6

beetroot red fruits smoothie 8

beetroot red fruits smoothie 9

beetroot red fruits smoothie 3

BATIDO DE BETERRABA E FRUTOS VERMELHOS

(dá cerca de 800ml)

  • 1 beterraba, descascada
  • 1/2 maçã com casca, mas sem os caroços
  • 65g de framboesas
  • 150g de morangos
  • 3 c. sopa de romã
  • 1 c. sopa de sementes de chia (opcional)
  • 250ml de leite de coco ou amêndoa
  • 1 c. sobremesa de extracto de baunilha
  1. Lava bem todos os frutos e tritura tudo num processador de alimentos, cerca de 3-5min. Caso esteja demasiado espesso acrescenta mais um pouco de leite de coco.
  2. Pessoalmente gosto de sentir a texturas das sementes, mas podes passar o batido por um coador para retirar as sementes maiores.
  3. Verte para um frasco de vidro e leva ao frio para ficar bem fresquinho.
  4. É óptimo  ao pequeno-almoço. Num recipiente próprio, aproveita para o levares para o trabalho.

Espero que gostes!

BEETROOT & RED FRUITS SMOOTHIE 

(makes about 800ml)

  • 1 beetroot, peeled
  • 1/2 red apple, pitted
  • 65g raspberries
  • 150g strawberries
  • 3 tbsp pomegranate
  • 1 tbsp chia seeds (optional)
  • 250ml coconut or almond milk
  • 1 tsp vanilla extract
  1. Wash all the fruits and mix everything in a food processor, 3-5min. If is too thick add a little more coconut milk.
  2. Personally I like to feel the textures of the seeds, but you can strain the smoothie thought a sieve to remove large seeds.
  3. Pour into a jar and take it to the fridge to cool.
  4. Is excellent for morning breakfast. In a proper jar you can take it to work.

Enjoy!

Pudim de Chia e Baunilha com Puré de Manga | Vanilla & Chia Pudding w/ Mango Puree

vanilla chia pudding9Sempre que via receitas com sementes de Chia, ficava sempre com a mesma dúvida, se ia gostar. Até ganhar coragem em provar, achava aquelas sementinhas um pouco estranhas e achava que iria estranhar a sua textura. Mas como sou uma fanática por sementes e porque dois dos meus food bloggers preferidos (Ananás e Hortelã e Sweet Gula) me inspiraram a usar esta semente, decidi arriscar! E não é que adorei!???

Apesar de ter feito uma careta na primeira colherada, à segunda deixei de a fazer e depois à terceira habituei-me à sua textura um pouco gelatinosa e fui sentindo aquele sabor a baunilha, que tanto adoro e lá no fundo um pouco do leite de coco. Será escusado dizer que fiquei fã!

Em pouco menos de 4 dias fiz duas vezes este pudim. O primeiro servi apenas umas frutas, como morangos e romã. Que só assim ficou optimo! Mas na segunda vez quis tornar este pudim um pouco mais interessante, juntando um puré de manga. Este veio dar a este doce algo de maravilhoso, tanto pelo contraste de texturas, cores e sabores!

Quando olho para um destes frascos, sinto que estamos cada vez mais perto da Primavera, apesar de lá fora ainda estar um frio de rachar… Já tenho saudades dela!

Everytime I saw recipes with Chia seeds, I always felt dubious whether I would like it or not. I gained some courage in trying it out, I thought those little seeds were a little strange and I thought I wouldn’t like the strange texture. But because I love seeds and because two of my favourite food bloggers (Ananás e Hortelã and Sweet Gula)  inspired me to use this seeds, I decided to do it! And I loved it!!!

Although I did make a silly face after the first spoonful, at the second try I stopped making it and at the third try I got used to it’s gelatina like texture and tasted the vanilla, that I love so much and the little coconut milk at the end. Needless to say, I’m not a fan.

In less than 4 days I made this pudding two times. The first one I served it only with some fruit, like strawberries and pomegranate. Even like this it was great! But on the second time, I tried turning the pudding a little bit more interesting, adding in mango puree. It brought the this treat something amazing, not only for the contrast of the textures, the colours and flavour!

When I look at one of these bottles, I feel like we’re getting closer and closer to Spring, althought it’s still freezing cold outsider… I’m already missing it!

vanilla chia pudding8

vanilla chia pudding1

vanilla chia pudding3 copy

vanilla chia pudding4

vanilla chia pudding2

vanilla chia pudding10

vanilla chia pudding7

PUDIM DE CHIA E BAUNILHA

(serve 4)

  • 400ml de leite de coco
  • 50g de sementes de chia
  • 1 c. sopa de mel
  • 1 c. sobremesa de extracto de baunilha
  • puré de 1 manga madura
  • fruta fresca q.b.
  • hortelã q.b.
  1. Junta todos os ingredientes, à excepção do puré de manga num recipiente com tampa, mexe até ficar tudo incorporado, fecha e leva ao frio por meia hora.
  2. Nessa primeira meia hora, vai mexendo a mistura de 10 em 10min.
  3. Deixa as sementes hidratarem no mínimo 4-5h ou então durante a noite, preferencialmente.
  4. Para o puré de manga, basta retirares a casca e o caroço, cortar em pequenos pedaços e triturar tudo com a varinha mágica. Se a manga for um pouco ácida, acrescenta uma c. sobremesa de mel ou até ficar doce ao teu gosto.
  5. Antes de servir, divide o puré de manga em 4 copos e por cima dispõem o pudim de chia. Se achares que este está muito espesso acrescenta 1 a 2c. sobremesa de leite de coco.
  6. Decora com fruta fresca, como romãs e morangos e uma folha de hortelã.

Dica: Podes sempre colocar este doce em frasquinhos individuais e levar como sobremesa para o trabalho.

Espero que gostes!

 

VANILLA & CHIA PUDDING

(makes 4)

  • 400ml coconut milk
  • 50g chia seeds
  • 1 tbsp honey
  • 1 tsp vanilla extract
  • puree of 1 mango
  • fresh fruit
  • mint
  1. Mix all the ingredients, except the mango puree in a big jar with a lid, mix well. Close the jar and leave in the fridge for an half an hour.
  2. In this half an hour, every 10min mix again.
  3. Leave the pudding rest in the fridge for 4-5hours, minimum, or over night as I did.
  4. To make the mango puree, peel the mango and remove the core, cut in small pieces and use the food processor to make the puree. If the mango is too acid, mix 1 tsp of honey or more. 
  5. Before serving divide the mango puree in 4 small jars or glasses and over it add the chia pudding. If you think the pudding is too thick add 1 or 2 tsp of coconut milk, and mix again. 
  6. Serve with fresh fruit, as pomegranates and strawberries and a mint leaf. 

Tip: You can always bring this dessert to work by putting it in individual jars. 

Enjoy!